tipos de hérnia de disco

Conheça os diferentes tipos de hérnia de disco

A coluna é formada por discos intervertebrais, que funcionam como amortecedores de impacto e evitam que as vértebras tenham contato direto entre si. Com o passar dos anos, esses discos vão se desgastando, comprimindo as raízes nervosas que emergem da coluna, provocando dor intensa. Surge, assim, a hérnia de disco.

Os sintomas podem começar subitamente e durar pouco tempo ou se manifestarem em longas crises. Se não tratada, a hérnia chega a lesionar os nervos atingidos.

Tipos de hérnia de disco

A hérnia de disco pode ser classificada de acordo com a região da coluna que afeta. Ela pode ser cervical, torácica ou lombar.

Hérnia de disco cervical

O desgaste ocorre na coluna cervical, afetando a região do pescoço, comprimindo a raiz nervosa e causando dor intensa tanto na coluna quanto ao longo do braço. Pode chegar até a mão, com fraqueza e dormência. Nos casos mais graves também pode surgir diminuição da força muscular e dificuldade para movimentar o pescoço.

Hérnia de disco torácica

Afeta a região do meio das costas e é considerada mais rara, em função da pouca mobilidade dessa região, por fazer parte da caixa torácica. Nesse caso, o indivíduo relata dor e dormência no tórax, dor na parte superior ou inferior das costas, dor na região intercostal (entre as costelas), dor abdominal com ou sem perda de sensibilidade. Em alguns casos, também pode ocorrer incontinência urinária e fecal, além de movimentos respiratórios dolorosos.

Hérnia de disco lombar

Afeta a região mais baixa das costas, causando dor ao longo do trajeto do nervo ciático, que vai da coluna vertebral à nádega, coxa, perna e calcanhar. Pode causar fraqueza nas pernas, dificuldade para levantar o pé deixando o calcanhar no chão e alteração no funcionamento do intestino ou bexiga, por compressão de nervos.

A hérnia pode, ainda, ser classificada de acordo com a sua localização exata, podendo ser póstero ou póstero lateral. Uma hérnia de disco póstero lateral pode pressionar o nervo, causando sensação de formigamento, fraqueza ou perda da sensibilidade num braço ou numa perna. Quando existe uma hérnia de disco posterior, a região pressionada é a medula espinhal e, por isso, a pessoa pode apresentar esses sintomas nos dois braços ou nas duas pernas, por exemplo.

Tratamentos para hérnia de disco

O diagnóstico da hérnia de disco é feito com base nos sintomas e exame físico e de imagem, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, que ajudam a avaliar o disco, sua espessura, ao tipo de hérnia e sua localização exata.

Ao confirmar a existência de uma ou mais hérnias de disco, o médico poderá indicar o tratamento mais adequado. Entre os principais estão a fisioterapia, pilates, RPG, osteopatia ou cirurgia. Normalmente, a cirurgia é a última opção de tratamento, ficando reservada para quando a pessoa não apresenta melhora dos sintomas com as outras formas de tratamento.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

Comentários
Dr. Carlos Augusto Costa Marques

Posted by Dr. Carlos Augusto Costa Marques