Pés

Problemas nos pés podem causar desalinhamento da coluna

Os pés são membros importantes para a sustentação do corpo. Capazes de aguentar o peso do indivíduo e ainda mantê-lo em equilíbrio, eles são trabalhados especificamente para suportar a carga corporal sem sofrer nenhum trauma.

Contudo, nem sempre esses membros escapam de alguns problemas. Seja na prática de algum esporte, seja em uma ação, seja até em um acidente, essa região pode ser comprometida devido a algumas interferências que podem causar problemas sérios. E um desses danos é o desalinhamento da coluna, prejudicando até a capacidade de andar.

Embora a coluna esteja estruturada para realizar diversos movimentos, um trauma forte no membro que sustenta o corpo pode ocasionar um desvio nessa estrutura, capaz de desabilitar um movimento ou deixá-lo mais difícil de ser realizado.

Causas de desalinhamento de coluna envolvendo os pés

Todo pé tem, ou deveria ter, uma cavidade que ajuda o membro a não provocar um desequilíbrio do corpo. Essa cavidade, conhecida como arco plantar, evita que outras áreas, como o tornozelo e o calcanhar, apresentem desníveis. Embora nenhuma pessoa tenha uma simetria exata, a existência do arco plantar ajuda o corpo a se desenvolver corretamente e a não deformar nenhuma estrutura interna.

O problema do desalinhamento de coluna começa quando os pés não obedecem a esse parâmetro. A dificuldade pode surgir devido a fatores que vão desde falhas no desenvolvimento de cartilagens até atrofias, encurtamentos ou expansões exageradas de articulações. Alguns dos exemplos a seguir podem ser os principais causadores desse desalinhamento.

Pé plano

É justamente a falta do arco plantar ou uma insuficiente formação de cavidade na parte interna nessa estrutura do nosso corpo. Ele é mais raso que o comum, e isso provoca uma expansão indevida entre os ossos do calcanhar. É bastante frequente em crianças, mas adultos também podem apresentar a condição. Dependendo da circunstância, pode causar um estresse no momento de pisar e deixar a coluna mais cansada, a ponto de desalinhar-se.

Pélvis deslocada

A coluna interliga a área cervical até a parte inferior, no quadril. Se a pessoa apresenta alguma irregularidade envolvendo as articulações da pélvis, a combinação se desloca, envolvendo também a coluna. Casos de desníveis pélvicos ou de escolioses deixam a coluna fora de uma condição estática, tornando-a vulnerável. Isso facilita o desalinhamento e a deixa mais fraca.

Atrofias ou encurtamentos

Pessoas que possuem um membro menor que o outro também podem ter a coluna desalinhada. Quando o indivíduo faz uma pisada, o membro que sustenta o corpo sofre um estresse além do normal, o que ocorre repetidamente. A dor é o principal sintoma, mas uma possível inflamação poderá surgir dependendo da intensidade dessa dor e do esforço que a pessoa faz para pisar. É importante lembrar que pequenas diferenças (até 2 cm) entre o tamanho dos membros geralmente não causam nenhum problema.

Outras questões podem estar envolvidas no desalinhamento da coluna, e grande parte dessas situações envolve os pés. A principal dica é procurar rapidamente um ortopedista para que a pressão plantar na hora de andar não seja um motivo de problemas. Uma avaliação ortopédica é algo essencial.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

Comentários
Dr. Carlos Augusto Costa Marques

Posted by Dr. Carlos Augusto Costa Marques