osteoporose

Tudo que você precisa saber sobre a osteoporose

A osteoporose é uma doença metabólica, caracterizada pela diminuição da densidade óssea e aumento das fraturas. Na maioria dos casos, é uma condição relacionada diretamente ao envelhecimento.

Estima-se que a proporção da osteoporose para homens e mulheres seja de seis mulheres para um homem, a partir dos 50 anos, e duas para um, acima de 60 anos. Aproximadamente uma em cada três mulheres apresentará uma fratura óssea durante a vida.

Os ossos são estruturas vivas, que precisam se manter saudáveis, assim como todos os órgãos do corpo humano. Eles estão em processo de renovação constante, uma vez que são formados pelos osteoclastos, células responsáveis por reabsorver as áreas envelhecidas, e pelos osteoblastos, cuja função é produzir ossos novos.

Com o passar do tempo, a absorção das células velhas aumenta e a formação de novas células ósseas diminui. O resultado é que os ossos tornam-se mais porosos e perdem resistência. Dessa forma, a osteoporose ocorre quando o corpo deixa de formar material ósseo novo suficiente ou quando muito material dos ossos antigos é reabsorvido pelo corpo. Em alguns casos, pode ocorrer as duas coisas. Se os ossos não estão se renovando como deveriam, ficam cada vez mais fracos e finos, sujeitos a fraturas.

Quais são as principais causas da osteoporose?

O envelhecimento é o principal causador da osteoporose. Outros fatores, porém, podem contribuir para o seu aparecimento. São eles:

– história familiar da doença;

– pessoas de pele branca, baixas e magras;

– asiáticos

– deficiência na produção de hormônios;

– medicamentos à base de cortisona, heparina e para o tratamento da epilepsia;

– alimentação deficiente em cálcio e vitamina D;

– baixa exposição à luz solar;

– imobilização e repouso prolongados;

– sedentarismo;

– tabagismo;

– consumo de álcool;

– alguns tipos de câncer;

– algumas doenças reumatológicas, endócrinas e hepáticas.

Quais são os principais sintomas?

A osteoporose é uma doença silenciosa e raramente apresenta sintomas. Normalmente, o indivíduo só descobre depois de uma fratura óssea. Por isso, pessoas com fatores de risco devem fazer exames preventivos, para que ela seja diagnosticada a tempo de se evitarem as fraturas.

Como é feito o diagnóstico da osteoporose?

O diagnóstico precoce da osteoporose é feito pela medida da densidade óssea, através do exame da Densitometria Óssea. Ele possibilita medir a densidade mineral do osso na coluna lombar e no fêmur para compará-la com valores de referência pré-estabelecidos. Os resultados são classificados em três faixas de densidade decrescente: normal, osteopenia e osteoporose.

Como é o tratamento?

O tratamento dependerá do da causa que levou à doença. Normalmente, é feito com medicamentos. Os remédios podem melhorar a resistência do osso ao impedir a degeneração e incentivar a reconstrução.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

Comentários
Dr. Carlos Augusto Costa Marques

Posted by Dr. Carlos Augusto Costa Marques