dor na coluna

7 cuidados diários que melhoram as dores na coluna

A dor na coluna é um tema constante aqui no blog, já que esta é a queixa mais comum dos pacientes que procuram auxílio médico em ortopedia. Quando falamos sobre este sintoma, estamos nos referindo tanto à dor localizada na parte inferior das costas (coluna lombar), quanto no meio dela (coluna dorsal) ou no pescoço (coluna cervical). 

Agora, antes de conhecermos alguns cuidados que ajudam a melhorar esse desconforto, precisamos explicar um pouco mais sobre as principais causas responsáveis pela dor na coluna. Vamos lá?

O que causa dor na coluna?

Na maior parte dos casos, a dor na coluna é resultado de levantamento de cargas excessivas, quedas ou tensão muscular. Em geral, tais fatores geram sintomas nas costas por até seis semanas, o que caracteriza o quadro de dor aguda. Sintomas que persistem por mais de seis semanas (menos comum) são os quadros crônicos e que precisam de bastante atenção.

No último caso, por exemplo, as principais causas da dor nas costas podem estar associadas aos seguintes distúrbios:

  • hérnia de disco;
  • artrite;
  • deformação muscular ou nos ligamentos;
  • escoliose;
  • cifose anormal;
  • lordose excessiva;
  • artrose.

Existem dezenas de outros fatores associados à dor na coluna, que já discutimos em outros artigos do blog. Agora, vamos entender como podemos evitar, e até mesmo minimizar, as dores na coluna, com ações simples e seguras no dia a dia.

Alguns cuidados diários que ajudam a melhorar a dor na coluna

Como a grande parcela de pacientes com dores na coluna observa a melhora dos sintomas em alguns dias, seguramente, é possível antecipar e até mesmo evitar novos episódios dolorosos nas costas. Tudo irá depender de você e de alguns cuidados simples, que precisarão fazer parte da sua rotina diária.

1# Atividade física

A atividade física é, em quase 100% das alterações músculo-esqueléticas, a indicação terapêutica conservadora mais eficaz! “Mas, Dr. Carlos, nós estamos em período de quarentena. Portanto, não posso ir a uma academia, ou mesmo fazer caminhada na rua”. Este pode ser um questionamento de algum paciente.

É claro que a preocupação com o distanciamento social precisa estar sempre em primeiro lugar. Mas, de todo modo, se você sofre com dores agudas na coluna, é possível realizar atividades físicas dentro de casa ou do apartamento.

Muitos profissionais habilitados em Educação Física ou Fisioterapia estão se dedicando em dar orientações e até mesmo aulas pela internet. Quem sabe você começa uma rotina de atividades totalmente adaptada para o seu condicionamento físico, idade e condição de saúde, sem ao menos ter que sair de dentro de casa?

2# Compressas

Nas primeiras 48 horas em que a dor na coluna se manifesta, é indicado o uso de compressas de água gelada, ou mesmo de gelo (com proteção para que não queime a pele). Após este período, e caso o sintoma não melhore, deve-se utilizar compressa de água quente, para aliviar a tensão e o espasmo muscular. 

3# Repouso

Este é um recurso positivo para a dor na coluna causada por estresse e excesso de pressão nas costas, comum em pacientes que realizam atividades ou trabalhos que exigem força física, ou mesmo ficar de pé ou sentado por horas prolongadas, por exemplo. Para este caso, o repouso é indicado para, no máximo, dois dias. Aqui, o objetivo é cessar a pressão responsável pelo incômodo na coluna.

O repouso prolongado não é, de forma alguma, recomendado para quadros de dor na coluna sem sinais graves de alteração na saúde do paciente.

4# Analgésicos para dor na coluna

Analgésicos de venda livre, preferencialmente aquele que você já está habituado a utilizar, é outra opção para o alívio da dor aguda nas costas. Se os sintomas persistirem, procure um médico.

5# Interrompa atividades extenuantes

É importante interromper atividades que exigem força física ou comprometimento da coluna por pelo menos seis semanas, contadas a partir da manifestação da dor.

6# Atenção com o excesso de peso

O excesso de peso também é um fator de risco para dores na coluna e para diversas outras alterações na saúde. Portanto, este é mais um motivo para se buscar uma alimentação mais saudável e equilibrada para a sua vida.

7# Fique atento à postura

Ao levantar-se da cama, sentar-se, ou levantar peso elevado… Todos os movimentos do corpo devem ser feitos de forma consciente! Ou seja, é importante ter atenção quando é preciso pegar um objeto do chão, por exemplo. Nesse caso, apenas para exemplificarmos, você deve dobrar os joelhos para alcançar o objetivo que está a um nível mais baixo, em relação a você.  

Observe se você tem o hábito de curvar-se ao realizar esse tipo de movimento. A coluna deve estar sempre ereta e o trabalho deve ser focado nas articulações, que são as partes do corpo anatomicamente preparadas para este tipo de esforço.

Quer saber mais sobre dores na coluna? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

Comentários
Dr. Carlos Augusto Costa Marques

Posted by Dr. Carlos Augusto Costa Marques