coxartrose

Coxartrose: o que é e quais são os tratamentos?

A coxartrose é o nome clínico dado à artrose do quadril. Esta é uma doença degenerativa responsável por uma forte queda na qualidade de vida da população idosa na maioria dos casos. Esse tipo de artrose causa muitas dores e prejuízo na mobilidade do indivíduo, que se torna cada dia mais dependente de cuidados. O distúrbio tem se tornado mais comum, à medida em que a expectativa de vida da população aumenta. 

Saiba tudo sobre a coxartrose e quais são as opções de tratamento disponíveis. 

O que é coxartrose?

A artrose é uma doença que evolui progressivamente com a idade. Ela afeta as cartilagens responsáveis pela saúde das articulações – neste caso, as articulações do quadril. Em consequência disso, os ossos se chocam, causando dores e deformidades no quadril. 

O desgaste causado pela coxartrose também pode atingir outras estruturas, como a membrana sinovial (protetora das articulações), músculos, tendões e ligamentos. 

Causas e fatores de risco da artrose do quadril

Existem diferentes causas associadas ao desenvolvimento da coxartrose, podendo ter origem primária ou secundária. Na coxartrose primária, o principal fator de risco é a idade avançada. 

Neste caso, estamos falando de indivíduos com mais de 60 anos, do sexo feminino, principalmente, e com histórico familiar para a doença. No caso primário, a doença também pode se desenvolver sem uma causa específica (coxartrose idiopática).

A coxartrose secundária, por sua vez, pode acometer pessoas mais jovens. Isso porque o desgaste da articulação do quadril acontece como consequência de doenças, traumas ou distúrbios pré-existentes. Alguns exemplos dessas alterações incluem:

  • luxação congênita no quadril;
  • fraturas;
  • impacto femoroacetabular;
  • inflamações;
  • infecções;
  • obesidade;
  • prática de determinados tipos de esportes;
  • determinadas profissões;
  • tumores, dentre outras doenças.

Sintomas da coxartrose

Na fase inicial da doença, o paciente pode relatar dificuldade nos movimentos de rotação e flexão do quadril, como quando se abaixa para calçar as meias e sapatos. Com o tempo, pode ser cada dia mais difícil abrir as pernas, além disso, a doença já é visível em exames de raio-x.

Progressivamente, a artrose prejudica a capacidade de movimentação. Alterações no formato do quadril (deformidades) já são visíveis externamente. O paciente pode se queixar de dores na virilha, nas nádegas ou na parte de trás da coxa, podendo descer para o joelho. 

Conforme o distúrbio evolui, a dor crônica persiste até mesmo durante o repouso, deitado ou sentado. Ou seja, o paciente sofre constantemente até mesmo durante o sono.

Quais são os tratamentos para a coxartrose?

O tratamento da coxartrose é dividido em dois protocolos: conservador, ou não cirúrgico, e cirúrgico. No primeiro caso, considera-se a doença em estágio não muito avançado. Neste caso, as indicações terapêuticas incluem:

  • repouso;
  • atividade física de baixo impacto, como natação e ciclismo;
  • alongamento;
  • perda ou controle do peso;
  • uso de anti-inflamatórios, analgésicos, ácido hialurônico, condroprotetores e outros;
  • fisioterapia;
  • uso de bengala.

Caso esses tratamentos percam a eficácia, o médico pode recomendar o uso de injeções diretas de medicamentos nas regiões prejudicadas (infiltrações). Os fármacos geralmente utilizados são os corticosteróides, ácido hialurônico ou plasma rico em plaquetas.

Em último caso, quando a artrite do quadril já está em quadro de avanço muito elevado, a cirurgia de quadril é indicada. Um dos tipos de procedimentos, neste caso, é a artroplastia total de quadril.

A cirurgia também é conhecida como prótese total da região. Nela, o cirurgião substitui a articulação prejudicada por uma prótese com o mesmo formato do osso removido. A prótese é feita de estruturas metálicas, polietileno ou cerâmica. 

Este tipo de intervenção vem evoluindo a cada ano, graças aos avanços da tecnologia cirúrgica. O tempo de vida das próteses gira em torno de 20 anos e é capaz de devolver a funcionalidade do quadril, além de aliviar as dores.

Se você sofre com os sintomas da coxartrose, não demore em procurar ajuda médica. Quanto antes o tratamento for iniciado, melhores serão os resultados e menor a necessidade de uma intervenção cirúrgica. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp