bico de papagaio

Bico de papagaio: entenda o que são os osteófitos e como eles podem causar dor nas costas

Os osteófitos, popularmente conhecidos como bico de papagaio, são pequenas expansões ósseas, em forma de gancho, que surgem ao redor do disco da coluna vertebral. A osteofitose tende a piorar com o passar dos anos e não tem cura, apenas tratamentos para aliviar a dor e promover maior qualidade de vida.

A condição surge em decorrência do desgaste do disco intervertebral, que tem como função estabilizar e absorver impactos na coluna. Com o desgaste, o disco perde essa capacidade e o organismo, como defesa, produz mais osso entre as vértebras para proteger e estabilizar a coluna.

A doença acomete, principalmente, pessoas com mais de 50 anos de idade, devido ao desgaste natural do disco intervertebral. Contudo, o bico de papagaio também pode surgir em indivíduos mais jovens.

Sedentarismo, má postura, obesidade, traumatismos na coluna e predisposição genética também estão entre as principais causas de bico de papagaio.

Sintomas e tratamentos para o bico de papagaio

Os principais sintomas do bico de papagaio são:

– dor forte localizada nas costas ou que irradia até a coxa, principalmente ao se movimentar;

– sensação de formigamento nas pernas quando os osteófitos se desenvolvem na região lombar ou nos braços, caso se localizem na cervical;

– diminuição da força muscular.

Como os sintomas também podem ser sinais de outras doenças osteoarticulares, é importante fazer exames antes de a dor piorar. Os exames de raio-x e a ressonância magnética são os mais recomendados.

O tratamento dos osteófitos pode incluir medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, fisioterapia e exercícios específicos para a musculatura da coluna, como pilates. A atividade física e a fisioterapia trabalham a musculatura da coluna vertebral, por meio de exercícios de fortalecimento e alongamento.

Desde de que sejam adequados às limitações e às condições do indivíduo, os exercícios físicos são importantes para prevenir a perda de massa muscular, que provoca aumento da dor causada pelo bico de papagaio.

Em casos mais graves, pode ser necessário fazer uma cirurgia para corrigir o desalinhamento da coluna. Normalmente, a cirurgia é indicada quando a pessoa está perdendo os movimentos e tem dificuldade para andar ou quando os os sintomas não estão sendo aliviados com outras formas de terapias propostas pelo médico.

Como evitar o bico de papagaio

Para evitar a formação dos osteófitos é importante ter alguns cuidados, como:

– manter postura correta ao sentar, andar e dormir;

– evitar pegar cargas elevadas;

– manter um peso adequado à estatura;

– praticar atividade física regularmente, principalmente exercícios com pouco impacto como hidroginástica, pilates ou andar de bicicleta.

É importante fazer exercícios físicos regularmente, sempre com acompanhamento de um profissional de educação física, pois, se realizados de maneira incorreta também podem causar sérios problemas à saúde, tanto na coluna quanto nos joelhos.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de coluna vertebral em Cuiabá!

Comentários
Dr. Carlos Augusto Costa Marques

Posted by Dr. Carlos Augusto Costa Marques